Senadores defendem novo marco regulatório

Senadores defendem novo marco regulatório

O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) opinou que o setor de TV por assinatura brasileiro é carente de um marco regulatório. Por sua vez, Ideli Salvatti (PT-SC) afirmou que, dentro das novas regras para o setor, espera ver a instituição do sistema de cotas.
– O difícil é trocar de canal centenas de vezes e não ver nada nacional. Não há inconstitucionalidade, há sim defesa do povo brasileiro – disse Ideli.
A senadora defendeu a aprovação imediata da proposta e recebeu o apoio de Inácio Arruda (PCdoB).
– Até hoje não conseguimos dar espaço para as produções regionais brasileiras. Parece brincadeira, mas na verdade é uma vergonha. Não entendo por que criar obstáculos contra as cotas. Não se quer que a cara do povo brasileiro se projete – declarou Inácio Arruda.
Já Antonio Carlos Júnior (DEM-BA) ponderou que os senadores devem analisar o PLC 116/10 com calma e profundidade. Flexa Ribeiro (PSDB-PA) concordou e disse que o Senado pode resolver alguns dos impasses presentes na proposta por meio de emendas. O problema é que o projeto teria de ser analisado novamente pela Câmara dos Deputados, onde já tramitou por três anos. 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!