México 3: Declaração de Jalisco defende criação de marcos regulatórios que garantam canais públicos

México 3: Declaração de Jalisco defende criação de marcos regulatórios que garantam canais públicos

Na foto, Samuel Muñoz Gómes, Presidente do Foro Mundial, recebe delegação brasileira da ABCCOM e POA TV - No último dia de trabalho do Foro Mundial de Meios Públicos, os participantes apresentaram a Declaração de Jalisco, concordando em aumentar o intercâmbio material dos entre os países para fortalecer a união dos meios públicos.o
Dentre os tópicos mais importantes, destacamos os seguintes:
1. Criação de marcos regulatórios que garantam o pleno desenvolvimento dos meios públicos;
2. Promover os direitos humanos em matéria de comunicação e educação;
3. Impulsionar políticas de estado trans-setoriais para o melhor aproveitamento social dos meios;
4. Fomentar condições favoráveis para inclusão de conteúdos públicos criados por povos indígenas, mulheres, jovens e outros setores da cidadania;
5. Ampliar a ajuda pública e privadas para o financiamento da produção audiovisual digital.
 
A Declaração de Jalisco, com os anexos dos resultados do Foro Mundial de Meios será encaminhado à Câmara dos Deputados Federal através da Rede de Medios Públicos Educativos e Culturais do México.
Há uma firme posição de que os pontos e inquietudes contidas  no documento podem incidir para a criação de uma nova lei geral de meios públicos, inclusive com aplicação em outros países para que se adequem à nova realidade social buscando o intercâmbio entre os povos.
Finalmente, os participantes do Foro Mundial insistiram na necessidade de que se realize uma segunda edição do mesmo dentro de um  ou dois anos.


Delegação dos canais comunitários brasileiros participam do almoço de encerramento

 
Claudio Cezar. Regina de Assis da Multirio e Renato Remus
 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!