ABCCOM vai ao MiniCom em defesa das TVs Comunitárias do Brasil

ABCCOM vai ao MiniCom em defesa das TVs Comunitárias do Brasil

ABCCOM vai ao Ministério das Comunicações em defesa das TVs Comunitárias do Brasil

- O presidente e o tesoureiro da ABCCOM – Associação Brasileira de Canais Comunitários, respectivamente, Paulo Miranda e Fernando Mauro Trezza, reuniram-se hoje (20/3) para tratar de vários assuntos pertinentes às TVs comunitárias com o diretor do Departamento de Acompanhamento e Avaliação de Serviços de Comunicação Eletrônica, Octavio Penna Pieranti, e o coordenador-geral de Acompanhamento de Outorgas, Samir Amando Granja Nobre Maia.
Pieranti elogiou a orientação da Abccom de incentivar os dirigentes de canais comunitários a procurar os prefeitos é correta. Até porque, disse, somente prefeitos e governadores podem solicitar o Canal da Cidadania.
Até a manhã de hoje (20/3), apenas três cidades solicitaram o Canal da Cidadania: Atibaia (SP), Cubatão (SP) e Morro da Fumaça (SC). Um dos estudos atuais do Ministério das Comunicações, adiantou Pieranti, prevê a possibilidade de um consórcio de municípios para implantar o Canal da Cidadania. Esta proposta foi elogiada pelo presidente Paulo Miranda, que entende que ela permite agilizar e a financiar os canais da cidadania entre cidades próximas.
Fernando Mauro e Miranda conversaram também sobre outorgas e consignações, funcionamento das emissoras no cabo e na onda aberta do modelo digital, produção independente e regulamentação da Ancine que tratará da destinação dos 10% dos recursos para primeira veiculação nas TVs comunitárias e universitárias.
Ao final do evento, os diretores da Abccom convidaram os representantes do Ministério das Comunicações para o evento da entidade, a ser realizado em Foz do Iguaçu (PR), ainda este ano.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!